HEAD
top of page
Buscar
  • Delbras UPS

Distúrbios Elétricos: Conheça os Tipos Mais Comuns e Como se Proteger


No mundo moderno, estamos cada vez mais dependentes da eletricidade em nosso dia a dia. No entanto, nem sempre estamos cientes dos diversos distúrbios elétricos que podem afetar a qualidade da energia fornecida pela rede elétrica. Esses distúrbios podem causar danos aos equipamentos eletrônicos, interrupções indesejadas e até mesmo colocar em risco a segurança das pessoas. Portanto, é importante conhecer os tipos mais comuns de distúrbios elétricos e entender como nos proteger deles.

 

1.      Queda de tensão: A queda de tensão ocorre quando a tensão fornecida pela rede elétrica é menor do que o normal. Isso pode acontecer devido a sobrecargas na rede, problemas no transformador ou cabos de distribuição inadequados. Quedas de tensão frequentes podem causar mau funcionamento dos equipamentos e reduzir sua vida útil. Para se proteger contra quedas de tensão, é recomendado o uso de estabilizadores ou nobreaks, que regulam a tensão e fornecem energia estável aos equipamentos.

 

2.      Sobretensão: Ao contrário da queda de tensão, a sobretensão ocorre quando a tensão fornecida pela rede elétrica é maior que o normal. Isso pode ocorrer devido a descargas elétricas, falhas na rede ou problemas com a concessionária de energia. A sobretensão pode causar danos graves aos equipamentos eletrônicos, levando a queima de componentes e perda de dados. Para proteger-se contra sobretensão, recomenda-se o uso de protetores de surto (DPS) e estabilizadores eletrônicos, que desviam a energia excessiva para o solo e mantêm a tensão estável.

 

3.      Ruídos elétricos: Ruídos elétricos são distúrbios causados por interferências eletromagnéticas indesejadas na rede elétrica. Essas interferências podem ser geradas por equipamentos eletrônicos, motores elétricos, linhas de transmissão de alta tensão, entre outros. Os ruídos elétricos podem afetar o desempenho de equipamentos sensíveis, causar falhas de comunicação em sistemas eletrônicos e até mesmo causar danos permanentes. Para mitigar os ruídos elétricos, é recomendado o uso de filtros de linha ou nobreaks com filtros integrados.

 

4.      Transientes elétricos: Transientes elétricos são surtos rápidos de energia que ocorrem na rede elétrica. Eles são causados por descargas elétricas, ligações e desligamentos de equipamentos e outros eventos de curta duração. Os transientes elétricos podem danificar os componentes eletrônicos sensíveis, causando avarias e reduzindo a vida útil dos equipamentos. A proteção contra transientes elétricos pode ser feita por meio de protetores de surto (DPS) e estabilizadores eletrônicos.

 

5.      Interrupções de energia: As interrupções de energia são falhas na rede elétrica que resultam na perda total de energia. Elas podem ser causadas por tempestades, falhas na infraestrutura elétrica ou manutenção programada. Interrupções de energia podem causar a paralisação de equipamentos, perda de dados e interrupção de serviços essenciais. Para se proteger contra interrupções de energia, é recomendado o uso de nobreaks ou geradores de energia como backup.

 

Para proteger-se contra esses distúrbios elétricos, é importante adotar medidas preventivas, como utilizar equipamentos de proteção adequados, realizar manutenção regular em instalações elétricas, evitar sobrecargas na rede e contar com profissionais qualificados para realizar instalações e reparos elétricos.

 

Em resumo, conhecer os tipos mais comuns de distúrbios elétricos e adotar medidas de proteção apropriadas é essencial para preservar a integridade de equipamentos eletrônicos, garantir a segurança das pessoas e evitar prejuízos causados por problemas na rede elétrica. Mantenha-se informado e tome as precauções necessárias para desfrutar de uma energia elétrica confiável e segura.

 

 

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page