HEAD
top of page
Buscar
  • Delbras UPS

Como escolher o nobreak ideal para a sua empresa


 

Se você possui uma empresa, sabe como é importante garantir a continuidade do funcionamento dos equipamentos eletrônicos mesmo em casos de falta de energia elétrica.

 

Afinal, a interrupção repentina de energia pode causar perda de dados, danificar equipamentos e até mesmo prejudicar a produtividade dos colaboradores. É aí que entra o nobreak, um dispositivo que fornece energia elétrica de emergência quando a energia da rede falha. Mas como escolher o nobreak ideal para a sua empresa? Neste artigo, iremos abordar alguns pontos importantes a serem considerados na hora da escolha.

 

  1. Calcule a carga necessária: O primeiro passo para escolher o nobreak ideal é calcular a carga total que será alimentada pelo equipamento. A carga é a soma de todos os equipamentos que serão alimentados pelo nobreak, como servidores, computadores, roteadores, entre outros. É importante calcular a carga corretamente para garantir que o nobreak escolhido possua capacidade suficiente para suprir a demanda energética dos equipamentos, evitando sobrecargas que podem prejudicar o funcionamento dos mesmos.

 

  1. Considere a autonomia desejada: A autonomia é o tempo que o nobreak consegue fornecer energia de emergência para os equipamentos em caso de falta de energia elétrica. Por isso, é importante considerar a autonomia desejada para sua empresa. Por exemplo, se você precisa manter os equipamentos funcionando por algumas horas em caso de falta de energia, é necessário escolher um nobreak com autonomia suficiente para suprir essa demanda.

 

  1. Verifique a forma de onda: A forma de onda do nobreak é outro fator importante a ser considerado. Existem basicamente três tipos de forma de onda: senoidal, semi-senoidal e retangular. A forma de onda senoidal é a mais pura e é indicada para equipamentos sensíveis, como servidores, computadores de alto desempenho e equipamentos de laboratório. A forma de onda semi-senoidal é uma forma de onda intermediária, indicada para equipamentos menos sensíveis, como impressoras e roteadores. Já a forma de onda retangular é a mais simples e é indicada para equipamentos de baixa sensibilidade, como lâmpadas e ventiladores. É importante escolher a forma de onda adequada para os equipamentos que serão alimentados pelo nobreak, evitando possíveis danos aos mesmos.

 

  1. Verifique as proteções oferecidas: Os nobreaks geralmente possuem proteções adicionais para garantir a segurança dos equipamentos alimentados por eles. Algumas das proteções mais comuns são: proteção contra sobrecarga, proteção contra curto-circuito, proteção contra subtensão e sobretensão, proteção contra surtos de tensão, entre outras. Verifique quais são as proteções oferecidas pelo nobreak que você está considerando e avalie se são adequadas para os equipamentos da sua empresa.

 

  1. Considere a qualidade do nobreak: A qualidade do nobr


  1. eak é fundamental para garantir a confiabilidade e a durabilidade do equipamento. É importante escolher um nobreak de um fabricante confiável, que ofereça garantia e suporte técnico adequado. Verificar as avaliações de outros usuários e buscar recomendações de profissionais especializados também pode ser uma boa estratégia.

 

Com base nessas considerações, você poderá escolher o nobreak ideal que atenda às necessidades de energia e operação de sua empresa. Você pode consultar o site da  Delbras para conhecer todos os modelos de nobreaks disponíveis e ainda contar com um suporte técnico especializado em nossos produtos.

 

 

 

 

 

 

 

 

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page